Quadradinho e legal

O Boxx parece um brinquedo, mas pode levar um adulto confortavelmente

Ele é pequeno, leve e bem original. Chega a parecer de brinquedo. Mas o Boxx é um scooter de verdade.

Ele tem apenas um metro de comprimento, mas pode levar tranquilamente um adulto. Por outro lado, é tão pequeno e leve – pesa só 54 quilos – que pode ser guardado num canto qualquer de uma sala ou do escritório. E, como não é nada feio, até vai enfeitar o ambiente.

Cada roda tem um motor elétrico embutido

O Boxx é movido a eletricidade e pode rodar até 70 quilômetros sem precisar de recarga com o pacote de baterias de série. Mas, se o dono precisar ir mais longe, pode comprar um pacote opcional, que dobra o alcance da maquininha.

Outra novidade é que  o Boxx tem dois motores, que ficam dentro das rodas. Eles têm força para levar até 130 quilos e atinge 64 km/h, o suficiente para rodar em avenidas movimentadas. Um problema é que as rodas são muito pequenas, com apenas 10 polegadas (25,4 cm) de diâmetro, com pneus baixos. Essas medidas não são boas para lugares onde o asfalto é ondulado e piores ainda se houver buracos.

Mesmo estreito, o Boxx tem faróis e lanternas, como um scooter normal

Quer saber o preço? A versão básica fica por quatro mil dólares, mais ou menos R$ 7.200,00. Isso lá nos Estados Unidos – aqui no Brasil, com todos os impostos, vai custar pelo menos o dobro.

 

Pé na estrada

"Botamóvel" comemora os 100 anos da fábrica

O nome deste carro é Bootmobile – traduzido, quer dizer mais ou menos “botamóvel”. Ele foi construído por uma empresa chamada LL Bean, que faz roupas e equipamentos para camping e aventuras ao ar livre.

O que a LL Bean mais quer, é claro, é que os seus clientes caiam na estrada, rumo às trilhas nas matas, pescarias ou caçadas.

A bota original é forrada e impermeável

Por isso, para comemorar seus cem anos de existência, fez uma réplica gigante de um dos seus calçados especiais, o Maine Hunting Shoe. A carroceria é de fibra de vidro e espuma plástica e a estrutura do carro é uma gaiola de aço.

Por onde passa, o Bootmobile manda logo seu recado: “vamos botar o pé na estrada”.